Home

Usários On-line

Nós temos 45 visitantes online

Campanhas

A ABENFO-PI é parceira:

 
PROENF: Materno-Infantil

 
Parto Normal está no meu Plano

 
Diga NÃO ao Ato Médico

ABENFO - PI
Cursos FioCruz PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Seg, 17 de Dezembro de 2012 01:05

A ABENFO-PI informa que estão abertas as inscrições para a seleção de alunos para os Cursos de Aperfeiçoamento e Atualização em Vigilância do Óbito Materno, Infantil e Fetal e Atuação em Comitês de Mortalidade, coordenado pela Fundação Oswaldo Cruz em parceria com o Ministério da Saúde.

Os cursos integram o Programa de |Formação em Vigilância do Óbito Materno, Infantil e Fetal na modalidade à distância. Foram concebidos dentro do contexto da redução da mortalidade materna, infantil e fetal, como uma das metas prioritárias pactuadas entre as diferentes esferas de governo, assim como da necessidade de ampliar a participação de importantes segmentos da sociedade no controle social do SUS, por meio da atuação em comitês de mortalidade.

Para atender aos diferentes objetivos os cursos foram desenvolvidos com cargas horárias e populações alvo distintas. O curso de aperfeiçoamento é dirigido para profissionais e gestores de saúde; e o de atualização para membros dos Comitês de Mortalidade materna, infantil e fetal; bem como representantes das instituições (governamentais, formadoras, conselhos profissionais, conselhos de saúde) e sociedade civil organizada, relacionadas ao tema; defensores públicos e membros do Ministério Público.

Para a primeira turma, com início previsto para fevereiro de 2013, serão oferecidas 2.250 vagas, sendo 70% destas destinadas às Regiões Nordeste e Amazônia Legal.

Mais informações sobre os cursos estão disponíveis no www.ead.fiocruz.br

Os editais para a seleção dos cursos estão nos seguintes endereços:

•Atualização: http://www.ead.fiocruz.br/_downloads/edital1797v2.pdf

•Aperfeiçoamento: http://www.ead.fiocruz.br/_downloads/edital1799v2.pdf

 

 
Marcha pela Humanização do Parto PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Dom, 16 de Dezembro de 2012 23:41



A Marcha pela Humanização do Parto foi uma grande mobilização estadual em favor da Humanização do Parto e Nascimento, com a finalidade de informar e sensibilizar a população, em especial mulheres, quanto à importância do parto humanizado, sendo uma ação em prol da melhoria da qualidade da assistência da população materno-infantil piauiense.

A Marcha pela Humanização do Parto foi uma iniciativa da Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras do Piauí (ABENFO-PI), realizado em parceria com o Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, Fundação Municipal de Saúde, Conselho de Enfermagem (COREN-PI), Universidade Federal do Piauí, Rede Cegonha, Conselho Estadual de Direitos da Mulher, Diretoria de Política para Mulheres da SASC, Núcleo de Estudo e Pesquisa do Cuidar Humano em Enfermagem - NEPECHE, Sociedade Civil e Organizações Não Governamentais (Ong's).

Todos que participaram estão de parabéns, pelo grande evento realizado, a marcha de fato foi um grande sucesso com aproximadamente 500 pessoas, com grande repercussão na mídia local e exposição de fotos. Tecemos agradecimento especial para o COREN-PI, e para o COFEN, que nos deram um grande apoio e enalteceram esta iniciativa.

 
Ações para Marcha pela Humanização do Parto PDF Imprimir E-mail
Ter, 23 de Outubro de 2012 03:14

Reunião define ações para Marcha pela Humanização do Parto

A Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiras Obstetras do Piauí (ABENFON-PI) realizou na quinta (18), às 11h, no auditório da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) reunião com profissionais de saúde e colaboradores da Marcha pela Humanização do Parto. O encontro tem com finalidade definir um plano de ação e tratar sobre a mobilização entre os profissionais e a comunidade.
Para melhor informar e sensibilizar a população da importância da humanização do parto e nascimento, o Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (COREN), juntamente com a FMS, SESAPI, UFPI, SASC, apoia a Marcha pela Humanização do Parto, que acontecerá no dia 23 de novembro, às 16h, e terá concentração na Praça Rio Branco, no Centro, atrás da Igreja Nossa Senhora do Amparo.
Ter direito ao acompanhante da sua escolha, receber orientação sobre o trabalho de parto, escolher a posição que deseja parir são alguns dos direitos que a mulher tem ao optar por um parto normal. De acordo Lucimar Ramos, enfermeira e presidente da ABENFON-PI, a realidade obstétrica no Brasil e, em especial, no estado do Piauí, continua apresentando dados preocupantes em virtude das altas taxas de cesariana, que no ano de 2011 foram de 52%.
“A Organização Mundial de Saúde sugere que apenas 15% dos partos sejam cesarianos, mas os dados de cesáreas em hospitais particulares representam mais de 90% do total de partos. Assim, aumenta também o índice das taxas de mortalidade materna e neonatal, que em 2011 representou 16,9 e 12,5 mulheres para 1.000 nascidos vivos. Com isso, é necessário que as gestantes e a comunidade se juntem a nós para alcançar uma mobilização pela humanização do parto normal”, explica Lucimar Ramos.
O Governo Federal disponibiliza por meio do Sistema Único de Saúde a Rede Cegonha para as futuras mães ter uma melhor assistência ao pré-natal, parto, nascimento e à saúde da criança. Com uma Atenção Obstétrica e Neonatal qualificada e humanizada, as mulheres têm o direito de acesso ao parto seguro, acompanhante no parto de livre escolha da gestante e ao planejamento reprodutivo.
“Na marcha queremos divulgar o novo modelo de atenção ao parto, que tem como foco a humanização da assistência, bem como mobilizar a sociedade para a importância de eventos como este, que tem como objetivo contribuir para redução das altas taxas de cesarianas e ainda a redução da mortalidade marterna e neonatal no Estado”, destaca a enfermeira e presidente da ABENFON-PI.

 
Banner da Marcha pela Humanização do Parto PDF Imprimir E-mail
Dom, 21 de Outubro de 2012 04:20

 
Panfleto da Marcha pela Humanização do Parto PDF Imprimir E-mail
Dom, 21 de Outubro de 2012 04:14

 
Marcha pela Humanização do Parto PDF Imprimir E-mail
Dom, 21 de Outubro de 2012 04:05

CARTA ABERTA  DA SOCIEDADE CIVIL E ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS (ONGS) SOBRE A MOBILIZAÇÃO EM FAVOR DA HUMANIZAÇÃO DO  PARTO E NASCIMENTO NO PIAUÍ E BRASIL


 

A realidade obstétrica no Brasil e, em especial no Estado do Piauí, continua apresentando dados preocupantes, em virtude das altas taxas de cesariana que no ano de 2011 foram de 52% e 48,4% respectivamente. No entanto o que é recomendado pela OMS é de apenas 15%. Os dados de cesáreas na rede privada representam mais de 90% do total de partos (DATASUS/2011).
Um dos indicadores que demonstra a saúde obstétrica de um País são as taxas de  mortalidade materna e neonatal. No  Brasil em 2009 as taxas foram de aproximadamente 63,5 mulheres para cada 100.000 nascidos vivos, e no Piauí em 2011 foi de 90,7  óbitos de mulheres para cada 100.000 nascidos vivos. E a mortalidade infantil e neonatal no Piauí em 2011 representou 16,9 e 12,5 /1.000NV  respectivamente. Dados considerados bastante elevados quando comparados aos de países desenvolvidos (DATASUS/2011).
Um novo modelo de atenção ao pré-natal, parto, nascimento e à saúde da criança tem sido proposto pelo governo federal com a elaboração da Rede Cegonha que visa  fortalecer os demais programas ministeriais existentes voltados para a área da mulher e da criança e  apresenta como linha de cuidado prioritária a Atenção Obstétrica e Neonatal qualificada e humanizada, baseada em evidências cientificas. 
Mulheres de todas as regiões do país estão se unindo com o objetivo de mudar a triste realidade de assistência ao parto nas instituições de saúde em nossa sociedade, com vista à implantação da política de saúde da rede cegonha. Mudanças só irão acontecer se houver uma mobilização de toda sociedade.
Portanto, esta mobilização que irá acontecer em 23/11/2012, tem como finalidade informar e sensibilizar a população, em especial as mulheres, quanto a importância do parto normal humanizado conforme preconizado pelo Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS). Os principais objetivos desta mobilização são:
Divulgar o novo modelo de atenção ao parto que tem como foco a humanização da assistência.
Mobilizar a sociedade para a importância deste movimento como contribuição para redução das altas taxas de cesarianas bem como a redução da morbimortalidade materna e neonatal em nosso estado.
Divulgar sobre o direito ao acompanhante (Lei nº 11.108/2005) de livre escolha da parturiente durante todo trabalho de parto, parto e pós-parto.
Informar sobre a utilização das boas práticas durante o trabalho de parto e parto tais como: alimentação, deambulação (caminhar), massagens, banho morno, utilização dos exercícios da bola suíça, do cavalinho, posições no parto e outras.
Estimular a escolha da posição em que a mulher deseja parir: semi-sentada, na lateral, de quatro e ou de cócoras, e informar que seu parto normal pode ser assistido por médico ou enfermeira obstetra a depender de sua escolha.
Informar sobre a importância de colocar o bebê em contato direto com a mãe logo após o nascimento, antes do corte do cordão umbilical e iniciar a amamentação nos primeiros 30 minutos após o parto.

 

É necessário oferecermos à mulher e seu bebê uma assistência humanizada e reduzirmos as taxas de morbimortalidade materna e neonatal !


ABENFO-PI, COREN-PI, FMS, SESAPI, UFPI, MDER, Conselho Estadual de Saúde, Conselho estadual de direitos da mulher, Diretoria de politica para mulheres da SASC, Rede cegonha/MS, Núcleo de estudo e pesquisa do cuidar humano em enfermagem – NEPECHE.

 
I Encontro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal da Bahia PDF Imprimir E-mail
Qua, 02 de Maio de 2012 15:53

 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 10 de 29

Vídeos

Filme IV ENONEPI

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p01)

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p02)

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p03)

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p04)

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p05)

Clique na imagem para tocar

 
Programa Bem Viver (p06)

Clique na imagem para tocar

 
PI TV-TV Clube

Clique na imagem para tocar

 
Notícia da Manhã

Clique na imagem para tocar

 
Jornal Agora

Clique na imagem para tocar

Mais Vídeos

Todos os videos...